segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Rio reinicia operações no Plano Inclinado do Pavão-Pavãozinho após reformas

09/12/2011 - Agência Rio

Da Redação

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, com a Rioluz, entrega nesta sexta-feira (9) a reforma e modernização do plano inclinado da comunidade do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, na Zona Sul da cidade.

O trabalho durou seis meses e o investimento nas obras foi de R$ 692.400,00. O plano inclinado do Pavão-Pavãozinho foi interditado no dia 17 de março, após vistoria da Gerência de Engenharia Mecânica da Rioluz que constatou danos provocados por ações de vandalismo no equipamento e risco de acidentes para os usuários. A reforma incluiu a recuperação do sistema de transporte e cabines, além das cinco estações.

Entre os serviços realizados está a troca da cabine antiga, deteriorada pelo uso, por uma nova semipanorâmica, dotada de sistema anticapotagem e dois compartimentos, um para passageiros, com capacidade para 18 pessoas, e outro para carga, com capacidade para 400 quilos, cada qual com seu conjunto de portas completo. A capacidade total da nova cabine é 1.750 quilos.

As cinco estações do percurso do plano inclinado ganharam abrigos com cobertura em policarbonato, grade de proteção, novas botoeiras e portas com fechos eletromecânicos. Todos os componentes do sistema de tração, elétrico e de segurança (freio) foram reformados ou trocados, inclusive com a revisão dos trilhos.

Também foi recuperado o sistema de controle com a instalação de novo quadro de comando, com microprocessadores automáticos, que permite a aceleração ou retardamento da velocidade na descida da cabine, com qualquer carga. Este comando oferece a proteção no caso de sobrecarga no motor de tração, curto-circuitos acidentais ou por eventual defeito no sistema de freios.

A instalação deste equipamento vai gerar economia no consumo de energia elétrica, no desgaste do freio e no redutor da máquina de tração. E ainda proporcionará o nivelamento e a ação suave durante a movimentação da cabine.

Com a recuperação do Plano Inclinado, o trabalho de limpeza e coleta de lixo será otimizado, principalmente nos pontos mais altos das comunidades. A Comlurb irá instalar seis contêineres em cada uma das três estações. O lixo descartado nos contêineres será levado pelos garis diariamente no compartimento exclusivo para carga do plano inclinado até a caixa compactadora, que fica na parte baixa. Antes os garis tinham que descer e subir 400 degraus com o lixo. A Comlurb também já está instalando as bases para os novos pontos de coleta na comunidade.

MS