segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Plano inclinado em igreja de Jacarepaguá é inaugurado

Santuário de Nossa Senhora da Penna é o segundo mais antigo do bairro

POR NATÁLIA CASTRO

24/08/2014 - O Globo


O plano inclinado Monsenhor José Carlos Moreira facilitará o acesso à Igreja Nossa Senhora da Pena, em Jacarepaguá
Foto: Adriana Lorete / Agência O Globo
O plano inclinado Monsenhor José Carlos Moreira facilitará o acesso à Igreja Nossa Senhora da Pena, em Jacarepaguá
Foto: Adriana Lorete / Agência O Globo


RIO — Em cerimônia com presença do cardeal-arcebispo Orani Tempesta, o prefeito Eduardo Paes inaugurou, na manhã deste domingo, o plano inclinado Monsenhor José Carlos Moreira, de acesso à Igreja Nossa Senhora da Penna, na Freguesia. Construído entre 1633 e 1642, o santuário é o segundo mais antigo de Jacarepaguá — atrás, apenas, da Igreja de São Gonçalo do Amarante, no Engenho do Camarim, com data de 1625 — e localizado no topo da Pedra do Galo, a 160 metros de altura. A obra conta com duas estações: a estação José Roiz de Aragão, na rua Nossa Senhora da Penna, e a estação Provedora Lygia Moreira Alves de Brito, no alto do rochedo. O investimento foi de R$ 6,7 milhões, e está voltado, também, para as comemorações dos 450 anos da cidade, em 20 de janeiro do ano que vem.

— É importante que possamos chamar a atenção para esses pontos turísticos da cidade. O trabalho nessa região não está apenas na solução dos problemas do dia a dia, mas na qualificação do espaço e da sua importância cultural — disse Eduardo Paes, reconhecendo que o acesso à igreja é difícil. — Muitos cariocas não conhecem essa igreja, que tem uma das vistas mais privilegiadas da cidade. Esse plano permite o acesso não somente aos católicos, mas a todos os turistas que querem conhecer esse lugar.

Em seu discurso, Dom Orani reiterou que as possibilidades criativas são imprescindíveis para que as pessoas tenham oportunidade de conhecer mais o que o Rio de Janeiro tem a oferecer.

—São providências para o bem da sociedade. Para que todos possamos acessar os pontos turísticos e desfrutar deles.

O trajeto de 110 metros de uma estação a outra dura cerca de quatro minutos, e o elevador diagonal acomoda 18 pessoas de cada vez. Há ainda um elevador para oito pessoas, que liga a estação superior ao pátio da capela. A administração é feita pela RioLuz. com uma equipe de dez pessoas. O horário previsto para o funcionamento do plano inclinado é de 8h às 17h, diariamente. Um alento para os frequentadores da igreja.

— Sou nascida e criada aqui, e esse plano inclinado é um pedido antigo nosso, já que a subida até o topo dura cerca de meia hora. Até um padre já infartou uma vez subindo. Estamos muito empolgados e satisfeitos — diz a gerente de vendas Nelma Lúcia Barbosa, de 54 anos.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/plano-inclinado-em-igreja-de-jacarepagua-inaugurado-13715304#ixzz3l6EOPNiZ 
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

sábado, 29 de agosto de 2015

Plano inclinado do Dona Marta volta a operar nas cinco estações neste sábado

Rioluz assumiu serviço de transporte na comunidade, que era realizado por empresa particular paga pelo estado

POR MARTA PAES

29/08/2015 - O Globo

Bondinhos do Morro Dona Marta voltam a operar nas cinco estações - Custódio Coimbra / Custódio Coimbra

RIO - Moradores do Dona Marta voltaram a ter, neste sábado, o serviço do plano inclinado em todas as cinco estações. Uma equipe técnica da Rioluz, que assumiu a operação do bondinho, esteve de manhã no local, acompanhando o trabalho. A partir deste sábado, o horário do bondinho passa a ser das 8h às 23h. Há cerca de um mês, como O GLOBO mostrou neste sábado, o transporte estava funcionando das 8h às 18h, e, na última semana, somente até a terceira estação, deixando muitos moradores a pé.

Além de vários transtornos, a situação causava indignação. Para a dona de casa Viviane Pereira da Silva, o horário restrito só servia aos turistas.

- Minha filha tem 4 anos e faz tratamento para as pernas, e eu tenho problema na coluna. Como moro na quarta estação, tinha que descer e subir com ela todos os dias. Além disso, ela sai para a escola às 7h, e não tem bonde. Das 8h às 18h, só serve para gringo - reclama.

O horário original de funcionamento era das 6h30m ate meia-noite. Neste primeiro momento, no entanto, a Rioluz vai operar das 8h às 23h. Mas Heronildes Veríssimo, o seu Dida, de 78 anos, já vê motivo para comemorar. Até esta sexta-feira, ele precisava encarar a escadaria e as ruelas de bengala, e lamentava a falta do bondinho nas duas últimas estações.

- Agora está ótimo, mas é preciso que continue assim - afirma.

Não foi só o ir e vir de moradores que melhorou neste sábado. O plano inclinado também contribuiu para o trabalho do gari Paulo César Ferreira, que voltou a poder usar o serviço para subir e descer com as lixeiras da Comlurb.

- Quando o bondinho fica parado atrapalha muito o serviço, e a gente faz mutirão para não deixar o lixo acumular - explica.

Ex-moradora do Dona Marta, a doméstica Karine Ferreira de Oliveira aproveitou o retomada do serviço do bondinho para visitar amigos na comunidade.

- Estou a passeio, mas acho que não é um serviço que não pode parar. Há muitos idosos e pessoas com dificuldades de locomoção. Isso é um direito de todos - avalia.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/plano-inclinado-do-dona-marta-volta-operar-nas-cinco-estacoes-neste-sabado-17347677#ixzz3kETcm1r2 
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.